01/12/2016 16:25:43 | Atualizado em 27/06/2017 11:07:42

Exposição de Mesas Natalinas dá visibilidade para o setor de decoração de Dourados

Cecília Zauith explica que a exposição tem como objetivo inspirar os douradenses e dar destaque para o setor

Cecília Zauith, primeira-dama e idealizadora da exposiçãoPor Vanessa Freixo

Como parte do projeto Dourados Brilha, que será aberto nesta quinta-feira (1) na Praça Antônio João, a Exposição de Mesas Natalinas é a inspiração para os douradenses em vista do Natal que se aproxima. Realizada pela Prefeitura Municipal de Dourados juntamente com a ACED (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), onde está sendo realizada a exposição das 16h às 21h até três de dezembro, a mostra traz mesas quadradas, redondas e retangulares decoradas das mais variadas formas pelos expositores: Aconchego Decorações, Associação das Mulheres Rurais de Dourados, Bet’s Presentes, Buffet Laudir Festas, Buffet Luzly, Cláudia Conci, Curso de Design de Interiores da Unigran, Edilson Spolador, GisellaFestKid’s, Josiane Dierings, Luciana Dierings, Lolita Azambuja, Laceni Hidalgo Jorge, Paulo Campos Decorador e Tânia Pezzini.

Em entrevista à Revista Corpo & Mente, Cecília Zauith, primeira-dama e idealizadora da exposição, dá detalhes sobre o objetivo da exposição.

Corpo & Mente: Como surgiu a ideia da Exposição de Mesas Natalinas em Dourados?

Cecília Zauith: “Nós fizemos uma parceria com a Associação Comercial, de fazer no último ano [de gestão], a Exposição de Mesas Natalinas. Conversamos com algumas amigas, com pessoas que têm lojas em Dourados, começamos a trocar ideias e 15 pessoas aceitaram esse desafio de fazer a exposição de mesas de Natal. Cada uma faz com o que tem em casa, ou, se a pessoa tem loja, leva as coisas da loja dela e monta para que as pessoas tenham ideias. Porque, às vezes, você até tem muitas coisas em casa que você poderia aproveitar para o Natal e, olhando ali, você tem a ideia, copia e faz”.

C&M: É uma forma de inspirar os douradenses?

C.Z.: “Isso, é uma forma de inspirar. A gente vê lá e todo mundo fala ‘nossa, que ideia boa, eu tenho isso em casa e vou fazer também’. Então foi uma coisa bacana, porque foi para isso mesmo que a gente fez nessa época, para inspirar para que as pessoas se animem a decorar a casa. A minha parceira de Natal, desde o primeiro ano, é a Elizabeth Salomão, que é a presidente da ACED e secretária da Prefeitura. Ela me acompanhou desde o primeiro Natal e cedeu o auditório da ACED este ano. No dia anterior [a abertura da exposição], a gente ficou lá vendo a montagem e, em um minuto, chega, arruma, faz um arranjo, fica a coisa mais linda. Uma inspiração para as pessoas”.

C&M: A exposição também contribui para quem está expondo?

C.Z.: “Alguns trabalham com isso, já tem uma loja, a pessoa olha uma coisa bonita lá e vai até a loja, adquire ou quer dar um presente e vai. Então é muito bom. Temos ouvido muitos elogios dos parceiros. Tem decoradores, tem pessoas que têm lojas, tem pessoas de outros ramos que fizeram com itens da casa dela, tem arquiteto, tem o curso de Design de Interiores da Unigran e artesãs”.

C&M: A exposição então dá visibilidade e valoriza o setor de decoração de Dourados?

C.Z.: “É uma política nossa já, aqui da Unigran, que tudo que a gente pode comprar em Dourados é comprado para prestigiar o comércio e os nossos parceiros. A gente só compra fora se for algo que não tem mesmo. Então isso serviu também para as pessoas verem que Dourados tem tudo. Você quer fazer uma mesa mais simples, você tem como fazer. Você quer fazer uma mesa mais sofisticada, você tem uma loja mais sofisticada. Mostrou bem isso, que aqui Dourados hoje a gente pode fazer coisas lindas tudo com coisa daqui”. 

Saiba mais:

Veja fotos das mesas natalinas em exposição

Comentários